Sexta-feira, 14 de Abril de 2006

tristeza sem fim

lagrimadesangue.jpg


Sinto uma tristeza 

Sem fim 

Dentro de mim

O meu coração

Bate como um relógio

Sinto um calafrio

Dentro de meu ser

Esta dor é tão forte

Que quase me derruba

A minha mente

Desapareceu no infinito

Não sei explicar

Este vazio dentro

Do meu corpo

Como continuar

Gostava de ser uma semente

Para ser transportada pelo vento

Gostava de soltar a minha mente 

E deixa-la á deriva por um momento

Sem parte definida

Sem local de chegada

Sem destino premeditado

Queria voar, voar, voar,...

Queria sentir, sentir,...

Queria apanhar,...

Essa liberdade de viver

Ser livre no tempo

Soltar todo o meu ser

Libertar-me das amarras da vida

Ser livre de voar pelo mundo

Ai, como eu queria ser assim

Poder dar fim

A esta dor que queima dentro de mim

publicado por pura às 03:55
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. UM DEFEITO NA MULHER

. Solidão

. se...

. NAO DEIXE

. No Rancho Fundo - ZEZÉ DI...

. para voce k me veio visit...

. ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO...

. ZEZE DI CAMARGO E LUCIANO...

. Bruno e Marrone

. Bruno e Marrone - Te amar...

.arquivos

. Outubro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds