Sábado, 18 de Março de 2006

...

Butterfly.gif


Assim que o dia amanheceu 
Lá no mar alto da paixão 
Dava para ver o tempo ruir 
Cadê você que solidão 
Esquecer, ai de mim 


Enfim 
De tudo o que há na terra 
Não há nada em lugar nenhum 
Que vá crescer sem você chegar 
Longe de ti tudo parou 
Ninguém sabe o que eu sofri 


Amar é um deserto e seus temores 
Vida que vai nas celas dessas dores 
Não sabe voltar 
Me dá teu calor 


Vem me fazer feliz por que eu te amo 
Você desagua em mim e eu oceano 
E esqueço que amar é quase uma dor 


Só sei 
Viver
Se for por você.


publicado por pura às 23:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. UM DEFEITO NA MULHER

. Solidão

. se...

. NAO DEIXE

. No Rancho Fundo - ZEZÉ DI...

. para voce k me veio visit...

. ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO...

. ZEZE DI CAMARGO E LUCIANO...

. Bruno e Marrone

. Bruno e Marrone - Te amar...

.arquivos

. Outubro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds